0

Testículos de paciente “explodem” após contrair infecção pela famosa bactéria salmonella – VEJA

David Worsley, 59, morador de Bolton, no Reino Unido, fez uma viagem para a Tunísia onde contraiu salmonella. O caso ocorreu em 2014, mas só agora David resolveu falar abertamente sobre os fatos que lhe deixaram anos constrangido.

Segundo informações do jornal The Sun, o testículo do britânico “explodiu em uma verdadeira erupção” durante as férias. Após contrair a salmonella (um tipo de bactéria extremamente comum encontrado até mesmo na casca externa do ovo de galinha), seu saco escrotal ficou do tamanho de uma toranja – fruta pouco maior que uma laranja.

De acordo com David, o peso era tanto que havia necessidade de segurar o órgão o tempo todo, para não provocar ruptura na pele. Após 10 dias hospitalizado para tratar da infecção, e 24 horas após ser liberado pelos médicos, a inflamação tomou conta ao ponto que o saco escrotal inflou como um balão e explodiu: “Foi um verdadeiro alívio”, disse.

homem-testiculo_3

Mesmo após 4 anos, David ainda se sente abalado psicologicamente pelo ocorrido: “Essa é uma grande parte do que significa ser um homem e ela não existe mais”, lamentou.

Afinal, por que os testículos explodem?

O caso de David não é o primeiro (e tampouco será o último) documentado nos registros e nas literaturas oficiais. Em 2011, uma criança do Paquistão chocou os médicos ao apresentar os sintomas gerados por uma infecção de salmonella.

 

Chamado clinicamente de Epididymo-Orchitis – um tipo de inflamação do epidídimo, que é uma espécie de tubo localizado na parte traseira dos testículos –, a doença pode ser ocasionada não só por salmonella, mas por diversas bactérias, incluindo doenças sexualmente transmissíveis.

Apesar da afirmação de David que seus “testículos explodiram”, o que ocorre é um grande acúmulo de líquidos, pus e fluidos dentro do saco escrotal, gerando a ruptura da pele e liberação deste conteúdo, já que o testículo não poderia explodir devido a constituição biológica dos tecidos que formam o órgão.

Agodoi1

Deixe uma resposta