Esta foto de Clara Ray tirada por sua mãe, Johanna Morton, de Nova Iorque (EUA), não é nada menos do que milagrosa. Clara Ray está vendo a neve cair pela primeira vez, algo que Johanna nunca imaginou que veria.

clara-ray

Em dezembro de 2015, Johanna estava na 12.ª semana de gravidez e se sentindo bem, mas então os médicos lhe disseram que havia algo errado com o coração da bebê. O que quer que fosse, era sério. “Provavelmente ela nascerá morta”, disseram os médicos.

clara-ray-1

Johanna decidiu dar continuidade à gravidez. De acordo com os médicos, o coração da bebê estava desacelerando a cada dia. Eles não esperavam que ela sobrevivesse por muito tempo.

clara-ray-2

O coração de Clara tinha um defeito incomum. O hospital infantil mais conceituado de Nova Iorque nunca havia visto algo assim. Johanna relembra: “Só ela poderia lutar. A única coisa que nós podíamos fazer era rezar. Nós continuamos a celebrar a vida da nossa filha, sem nos importarmos com as probabilidades contra ela. Nós fizemos uma festa para revelar o sexo, um chá de bebê e preparamos até um quartinho lindo.”
Naquele Natal, Johanna sonhou com sua bebê vendo as luzes piscarem, a neve cair, e continuou cantando para ela a música natalina “All I Want for Christmas is You“ (“Tudo o Que Eu Quero de Natal é Você”, em tradução livre).

clara-ray-3

A bebê ainda estava viva quando o dia finalmente chegou: em 14 de junho, Johanna deu à luz Clara Ray via cesariana. Os pais finalmente conheceram sua filha. Apenas seis dias depois, a recém-nascida teve sua primeira cirurgia a peito aberto.

clara-ray-4

clara-ray-5

Em 21 de junho, a família pôde levar a garotinha para casa. Houve seis internações desde a descoberta do diagnóstico, mas essa bebê provou ser uma guerreira, e meio que um milagre!

clara-ray-6
Este ano o Natal vai ser muito especial: há um ano, esses pais pensaram que sua filha não fosse sobreviver. Hoje, Johanna pode tirar fotos da pequena vendo os flocos de neve caírem pela primeira vez. “Isso é ela vendo sua primeira neve. Ela amou. Eu não posso explicar a emoção que sentimos enquanto víamos o sorriso estampado no rosto dela”, postou Johanna.

clara-ray-7
Que momento lindo para se compartilhar com um filho. O Natal é a época perfeita para sermos gratos pelos que amamos.

Fonte: VCBELA

Quando ela descobriu que sua bebê nasceria morta, ela deu uma festa. Um ano depois, ela viu algo inesperado na janela.

3 ideias sobre “Quando ela descobriu que sua bebê nasceria morta, ela deu uma festa. Um ano depois, ela viu algo inesperado na janela.

Deixe uma resposta