0

Polícia investiga “restos humanos” encontrados dentro de lata de Coca-Cola – CONFIRA

Empresa diz que caso ocorrido no norte da Irlanda é fato isolado

A polícia iniciou uma investigação depois que o que parecia ser um resíduo humano foi encontrado em latas de bebidas entregues em uma fábrica da Coca Cola na Irlanda do Norte. Segundo reportagem publicada no site da BBC de Londres, o turno da noite da fábrica de Lisburn foi interrompido na semana passada, quando as máquinas ficaram entupidas. A Coca-Cola informou que recolheu todas as latas afetadas, enfatizando tratar-se de um incidente isolado, que não afetou qualquer produto atualmente colocado à venda. A polícia, no entanto, está investigando relatos de que uma remessa pode ter sido contaminada, mas até o momento ninguém informou qual o tipo de resíduo encontrado nas latas.

Conforme relatado no Telegraph Belfast, as latas chegam à planta sem tampas e são então preenchidas com a bebida antes de serem seladas e vendidas em toda a Irlanda do Norte.

“Os detetives estão investigando um incidente em instalações comerciais na área de Lisburn, depois de relatos de que um lote de contêineres entregues na instalação estava contaminado”, disse um porta-voz do Serviço de Polícia da Irlanda do Norte (PSNI, na sigla em inglês).

Um porta-voz da Coca-Cola confirmou que a empresa estava ciente de um incidente envolvendo latas vazias na fábrica de Knockmore Hill:

“Estamos tratando este assunto com extrema seriedade e estamos conduzindo uma investigação completa em cooperação com o PSNI”, disse o porta-voz. “O problema foi identificado imediatamente por meio de nossos rigorosos procedimentos de qualidade e todo o produto do lote afetado foi imediatamente apreendido e não será vendido. Este é um incidente isolado e não afeta qualquer produto atualmente à venda”.

A Food Standards Agency na Irlanda do Norte informou que está ciente do incidente de contaminação física na Coca-Cola Hellenic, em Lisburn, e que não há nenhuma evidência que sugira que qualquer produto afetado tenha chegado ao mercado.

“O incidente está sujeito a uma investigação pelo PSNI, pela unidade de saúde ambiental de Lisburn e pela Câmara Municipal de Castlereagh”, afirmou a agência.

Eleito este mês para a Assembléia da Irlanda do Norte pelo distrito de Lagan Valley, o parlamentar Pat Catney disse, em entrevista à BBC, não estar certo de como a contaminação pode ter ocorrido, já que “eles são fanáticos por higiene, limpeza e tudo que possa evitar uma contaminação”:

“Teremos de aguardar a investigação policial, mas é uma fábrica de última geração. Tenho andado por lá (pela fábrica) e é uma das instalações mais profissionais que já vi”, conclui Catney.

Agodoi1

Deixe uma resposta