0

PAIS ALERTAM APÓS SIMPLES TOSSE DE SEU BEBÊ VIRAR UMA DOENÇA QUE PODE MATAR

“Em 24 horas meu filho passou de um menino feliz e brincalhão para uma criança internada na UTI”, disse o pai
Pais que estão esperando ansiosamente ao lado da cama do hospital onde está seu filho de três anos, que foi parar lá após uma simples tosse se tornar uma doença que pode ser fatal, o crupe, decidiram contar sua história para alertar outros pais e mães.

O pai do pequeno Reuben Humphreys, Owen, quer alertar outros pais a ficarem atentos aos sintomas pelos quais seu filho passou. Dias antes de desenvolver a doença, o pequeno havia viajado de férias com o pai e com a mãe Stephanie Koch.

Na volta das férias, Owen e Stephanie começaram a notar que o menino estava com ‘tosse de cachorro’, uma das características do crupe. Os pais ficaram um pouco preocupados com esta tosse e decidiram levar o filho para um posto de saúde. De lá, o pequeno já foi levado rapidamente de ambulância para o hospital.

Luta pela vida

O pai do pequeno contou em entrevista ao jornal britânico Newcastle Chronicle o drama que estão vivendo. “Em 24 horas meu filho passou de um menino feliz e brincalhão para uma criança internada na UTI”, disse o Owen.

Assim que chegou ao hospital o menino foi diagnosticado com crupe viral e começou a lutar pela vida. O pai decidiu alertar para esta doença, pois acredita que muitos pais e mães podem não conhecê-la, apesar de ela ocorrer com certa frequência. “Eu sou pai e nunca havia ouvido falar em crupe”, disse o pai.

Entenda o crupe

O crupe é uma infecção viral contagiosa dos canais respiratórios superiores que provoca dificuldade em respirar, sobretudo ao inspirar. O crupe pode ser causado por muitos vírus diferentes. No Outono, o vírus parainfluenza é a causa mais provável. Com menor frequência, o crupe pode ser causado pelo vírus do sarampo ou por outros vírus, como o sincicial respiratório ou o da gripe, sobretudo durante o Inverno e a Primavera. O crupe afeta principalmente crianças entre os 6 meses e os 3 anos de idade, embora ocasionalmente afete crianças mais pequenas ou as mais velhas. O crupe provocado pelo vírus da gripe pode ser particularmente grave e ocorre com maior frequência nas crianças entre os 3 e os 7 anos de idade. A doença costuma transmitir-se ao respirar micro gotas transportadas pelo ar que contêm o vírus ou então através do contato com objetos infectados.

Sintomas e diagnóstico do crupe

A infecção inflama a membrana que reveste os canais respiratórios, pelo que estes se estreitam e torna-se difícil respirar. A dificuldade ao inspirar, juntamente com a tosse forte e a rouquidão, costuma manifestar-se primeiro à noite. A dificuldade em respirar pode acordar a criança. A respiração é acelerada e profunda e metade das crianças tem febre. O estado da criança pode melhorar pela manhã mas voltar a piorar à noite. A doença normalmente dura entre 3 e 4 dias. O crupe recorrente denomina-se crupe espasmódico. A alergia pode ser uma das causas do crupe espasmódico, mas normalmente começa com uma infecção viral. O médico reconhece o crupe pelos seus sintomas característicos.

Tratamento do crupe

A criança que contrai crupe ligeiro pode ser tratada em casa. É colocada numa posição cômoda, assegurando que ingira muitos líquidos. Também é necessário o descanso porque a fadiga e o choro podem piorar a doença. Os umidificadores de uso doméstico (por exemplo, vaporizadores de frio) podem reduzir a secura dos canais respiratórios superiores e facilitar a respiração. A umidade pode ser rapidamente aumentada deixando aberta a água quente do chuveiro para criar vapor no banho. No caso de dificuldade respiratória aumentar ou se manter, a frequência cardíaca acelerar ou a pele adquirir uma cor azulada ou se desidratar, a criança deve ser hospitalizada.

Já no hospital, pode ser administrado oxigênio. Um médico pode prescrever um esteroide para os casos mais persistentes. Raramente, um caso mais grave pode necessitar de internação hospitalar.

Medicamento que dilatam as vias respiratórias também podem ser indicados. Estes medicamentos podem ser utilizados para facilitar a respiração da criança.

Agodoi1

Deixe uma resposta