0

Padrasto suspeito de agredir, abusar e matar bebê diz: que o bebê caiu da pia.

Como Aconteceu?

O suposto homem, suspeito de agredir e abusar de um bebê de 1 ano e 6 meses do qual era padrasto, permitiu que o socorro fosse acionado pela mãe da criança apos que esta afirmasse aos médicos que os ferimentos foram causados pela queda da criança de uma pia.

Os médicos desconfiaram dos hematomas e chamaram a PM. O suspeito foi preso em Aspásia (SP) por agredir a esposa e a criança, de 1 ano, que também tinha sinais de abuso, crime foi na tarde de terça-feira (23). Conta o delegado Sebastião Biasi: “Às 18 horas ele consentiu que a mãe solicitasse o socorro desde que ela dissesse que o bebê havia caído de uma pia”

O bebê deu entrada na Santa Casa de Jales com a informação do incidente trazido pela ambulância accionada. Porem os médicos desconfiaram dos hematomas e acionaram o Conselho Tutelar e a polícia. Segundo a PM, a mulher, de 18 anos, acabou confessando as agressões do marido, de 24. Alguns órgãos do bebê se romperam pela força das agressões. Chegou a passar por uma cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu nesta quarta-feira, o suspeito nega o crime, mas a versão não convence a polícia.

Há indícios suficientes de que ele agrediu a criança que veio a óbito em razão das lesões, afirma o delegado. Outra pergunta que faz a polícia e: “Por que ele não deixou a mãe pedir socorro se esta agressão não teria acontecido? Na casa da família a polícia encontrou um revólver calibre 38. O padrasto foi preso e vai responder por lesão corporal seguida de morte, violência doméstica, cárcere privado e posse de arma. Como e habitual, ele já tinha passagens pela polícia na região de Campinas por roubo e tráfico de drogas.

Não foi divulgado o nome e para qual penitenciária o suspeito será encaminhado. Todos os dias vemos os sinais dos fins dos tempos, isto e o mundo que estamos vivendo, Cristo logo vira, procure a Deus, encontre a Paz do Salvador.

Agodoi1

Deixe uma resposta