A pensão alimentícia é um direito de toda criança, adolescente e idoso. As mudanças no Código Civil tornaram mais rigorosas as leis quanto às pensões. As novas medidas entraram em vigor dia 18 de março.

A legislação anterior tinha regras especificas para a lei, porém muitas coisas a justiça deliberava sem estar previsto em lei. Por exemplo, o fato de o requerente ter a pensão avaliada em 30% do salário do requerido não estava previsto em lei, a decisão, era uma jurisprudência da justiça. A mudança a partir de março prevê em lei este número.

O que muda?

O rigor.

No momento que for entrado com a execução de que o devedor atrasou um mês, o Juiz já poderá emitir um mandado de prisão. A justiça deverá dar três dias para o pagamento ou justificava do não pagamento, porém, já é determinado que o valor fosse a protesto no cartório. Com o protesto, essas informações geram a situação de inadimplente para o devedor. “Basta um mês de atraso que já pode ser pedido à prisão do devedor, não necessariamente os três meses”

Quanto a pena, agora está na lei.

A pena será de um a três meses em regime fechado, sem possibilidade de alteração. “Ir pra cadeia não significa que são pagas as pensões. O tempo que o devedor está preso, ele necessita continuar pagando, pois assim que sair, continua sendo devedor sendo possível novamente a sua prisão”.

A pensão alimentícia deve ser paga até o momento em que o pai, mãe ou responsável entre na justiça pedindo a exoneração do pagamento, do contrário continuará pagando.

Mudança na lei, pensão alimentícia rigorosa agora da cadeia aos devedores.

10 ideias sobre “Mudança na lei, pensão alimentícia rigorosa agora da cadeia aos devedores.

  • 13 de novembro de 2017 em 14:59
    Permalink

    Tem 4 meses que o Pai da minha filha esta devendo a pensão e não paga. Já fui ao fórum, dei entrada na execução e nada foi feito ainda. Por que será?

    Resposta
  • 14 de novembro de 2017 em 00:34
    Permalink

    Acho que tbm. deveria ter uma fiscalizacao mas rigorosa em relacao a estar trabalhando fichado ou nao, pois muitos pais escondem onde trabalham para nao pagarem os direitos da crianca, por favor compartilhem para quem sabe um dia vira realidade, mas fiscalizacao, revisao todo ano seria muito bom, igual o aumento do salario minimo que e todo ano, por favor mas rigor.

    Resposta
  • 17 de novembro de 2017 em 00:44
    Permalink

    O pai do meu filho nunca pagou pensão já estamos separado a 8 anos e nunca pagou

    Resposta
    • 18 de novembro de 2017 em 10:25
      Permalink

      Certo tem que pagar sim . Mas e quando o pai ou ate mesmo a mae ganha so 1 salario minimo 937 reais. E mora de aluguel pega onibus pra trabalhar tem que comer vestir sobreviver etc . Pela lei os 30 % do valor ganho 937 reais soma-se 281 reais entao sobra pra o pai 655 isso fora inss e fgts. Entao alguem explica ai como o cara vai sobreviver. Axo que o certo e dividir essa pensao pros dois. Pq nao se faz filho sozinho e manter guarda compartilhada. Muitas vagabundas sao largadas pr tras por nao prestarem e homens safados tambem e quando sao deixados nao querem nem deixar o antigo companheiro ver o filho passar um tempo com a crianca e tals. Entao que lei seja igual para todos.

      Resposta
  • 18 de novembro de 2017 em 18:54
    Permalink

    Deveria ser mais rigorosa a fiscalização dos gastos da pensão.Pois muitas vezes a pensão é utilizada com gastos que não são usados em benefício a criança.

    Resposta
  • 19 de novembro de 2017 em 08:14
    Permalink

    O pai da minha filha desde outubro de 2015 ao paga pensão

    Resposta
  • 21 de novembro de 2017 em 10:56
    Permalink

    Meu ex tem dois filhos comigo e agira mais um com a outra q está vivendo ele paga aluguel e tals me da 400de pensão recebe 1500mas não consigo prova pq na carteira ta 1200sera q é pouco os 400ou não eu não chamei na justiça fizemos um acordo mas foi tudo de boca a boca nada q comprove..o q me diz

    Resposta
  • 22 de novembro de 2017 em 22:37
    Permalink

    Isso é mentira fez um ano q levei na justiça até agora nd

    Resposta
  • 22 de novembro de 2017 em 22:39
    Permalink

    Eu coloquei o pai da minha filha na justiça e m dois mil e quatorze ele mora na Bahia e ai ele recoreu para não pagar cento e cinquenta reais ai ele da cinquenta quando quer

    Resposta
  • 22 de novembro de 2017 em 22:45
    Permalink

    Toma que mude pois eles acham que não a mãe tem que sivira zozinha em cadeia neles pra saber que a as mães tem que sofrer sozinha

    Resposta

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!