0

MENINO MORRE APÓS CONTRAIR VERME DE ALGO QUE CONSUMIMOS TODOS OS DIAS

O menino chamado Eduardo Montes Pérez, tinha apenas 8 anos de idade quando morreu de forma estranha e que intrigou os médicos. O caso aconteceu em janeiro, em Milpa Alta, no México. Ele nasceu em uma família pobre e era chamado pelas pessoas próximas de Lalito. Um dia, repentinamente ele foi vítima de um pequeno verme transparente e que levou a sua vida.

 

Tudo era normal para a família Montes Pérez. Eduardo estava jogando futebol, ao terminar a partida, entrou em casa para beber água. Horas depois, o menino disse a sua mãe que sua cabeça doía. A mãe rapidamente lhe deu remédios e o deixou descansar. No entanto, na manhã do dia seguinte, Lalito continuava com dor de cabeça, teve vômitos e sentiu tonturas. Os pais rapidamente o levaram para o hospital, mas por não ter documentos, foi rejeitado. Os pais preocupados com os sintomas e o estado da criança, o levaram para uma clínica particular, pois o menino parecia estar cada vez pior.

Ali, eles diagnosticaram que possivelmente era Cólera e recomendaram tratá-lo imediatamente e, os pais, apesar de não terem dinheiro, aceitaram. Mas, dias depois aconteceu algo extremamente doloroso: Lalito teve uma convulsão severa e perdeu a sua batalha pela vida, ele morreu no hospital. Os médicos ficaram intrigados com a morte súbita da criança e foram investigar a causa da morte.

Depois de alguns exames, descobriram que um verme havia se alojado em seu cérebro, alimentando-se de sua massa cinzenta, algo realmente assustador e incomum. O caso atraiu muitas pessoas interessadas em descobrir onde o verme havia sido contraído. Depois de várias investigações, descobriram que o garrafão de água de onde o menino tinha tomado água tinha vermes transparentes, que viviam e se reproduziam livremente.

Segundo o site do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA, Naegleria é uma ameba, ou seja, um organismo vivo unicelular, comumente encontrado em água doce quente (por exemplo, lagos, rios e fontes termais e piscinas) e solo e apenas um tipo de Naegleria infecta pessoas, a Naegleria fowleri. A contaminação por Naegleria fowleri acontece através da cavidade nasal.

A contaminação pelo microrganismo acontece através da cavidade nasal e frequentemente acontece em água contaminada. O verme penetra a mucosa e migra através dos nervos olfativos até alcançar a membrana aracnóide, onde se dissemina pelo SNC, levando ao óbito. Seus sintomas podem se manifestar de 1 a 7 dias, que incluem dor de cabeça, náuseas, vômitos e febre alta. No caso de Lalito, ele provavelmente bebeu a água e deixou escorrer pelo nariz, rosto e pescoço, devido ao calor que sentia ao jogar futebol.

Diversos casos de contaminação por Naegleria fowleri já foram divulgados em todo o mundo, o último foi essa semana, de um menino argentino de 8 anos, que foi contaminado ao mergulhar em um lago na província de Junín. No Brasil, não existem casos divulgados.

É importante beber água de fontes seguras e se concentrar em limitar a quantidade de água subindo no nariz. Se caso você desconfiar da procedência da água, o ideal é fervê-la antes de ingerir, pois existem divos tipos de vermes que podem levar a problemas sérios de saúde. Infelizmente, no caso de Lalito, a infecção foi fatal.

Agodoi1

Deixe uma resposta