0

Menino de 5 anos morre após ser castigado por fazer xixi na cama – CONFIRA

Em caso que aconteceu na França, a criança foi encontrada na rua, seminua e inconsciente, durante a madrugada.

A população francesa está chocada com um triste acontecimento que se sucedeu na madrugada da última segunda-feira (6). Yanis, um menino de 5 anos de idade, morreu nas ruas de Aire-sur-la-Lys, comuna ao norte da França, vestindo apenas de cueca e meias.

Um crime bárbaro chocou a comuna de Aire-sur-la-Lys, que fica ao norte da França. Um menino de apenas 5 anos morreu após ser castigado por ter feito xixi na cama dos pais. A criança, chamada Yanis, foi encontrada perto de um canal perto de sua casa vestindo apenas uma cueca e meias.

A situação do garoto, seminu, nas ruas em uma madrugada que a temperatura mínima era de 5°C, decorreu após o menino fazer xixi na cama na casa de seus pais. Seu padrasto, então, decidiu colocar o menino na rua como castigo.

A ambulância encontrou a criança a 200 metros de distância da casa após o padrasto ter telefonado aos bombeiros pedindo ajuda. Em torno das 2h30 da madrugada, a ajuda médica chegou. No entanto, o estado do garoto já era irreversível. Yanis estava em parada cardiorrespiratória e a reanimação da ajuda médica não se sucedeu. Além do estado inconsciente do garoto, também foram encontradas marcas recente de agressão em seu corpo.

A mãe do garoto e o padrasto foram detidos pela polícia para um interrogatório. Já na segunda-feira à tarde, como noticiou o jornal francês Midi Lebre, após a audição dos pais, foi descoberto que Yanis havia sido forçado a correr vários quilômetros ao longo do canal perto da casa e caiu, pelo menos, duas vezes. Posteriormente, a autópsia relevou que o menino morreu após traumatismo craniano devido à violência intencional sofrida.

A investigação aponta que ele morreu após sofrer uma parada cardiorrespiratória após percorrer uma longa distância. No dia em que Yanis morreu, fazia 5°C. A mãe do menino, de 22 anos, e o padrasto, de 30, foram presos e também estão sendo investigados sobre alegações de que ele já havia sido maltratado anteriormente.

O casal chamou uma ambulância depois de encontrar Yanis inconsciente a 200 metros de sua casa. De acordo com o promotor do caso, Patrick Leleu, o menino foi “forçado a percorrer uma distância de vários quilômetros ao longo do canal de La Lys”, disse ao Daily Mail.

A polícia investiga se a parada cardiorrespiratória se deu por conta do frio ou se foi por causa de uma queda, já que ele foi encontrado com o nariz quebrado.

Agodoi1

Deixe uma resposta