0

Mais de 150 pessoas tiveram câncer após tomarem Omeprazol e fazem um alerta

É muito comum que algumas pessoas possam ficar dependentes de certos tipos de medicamentos, e isso pode até mesmo prejudicar a saúde da pessoas se ela não tiver um acompanhamento médico adequado. Alguns substâncias podem fazer bem para certos tipos de pessoas, enquanto para outras podem ser um perigo para a saúde, pois cada pessoa tem um tipo de organismo diferente e alguns medicamentos possuem contra indicações.

Ao longo dos anos é muito comum que a medicina avance cada vez mais, e após alguns estudos que são realizados em certos medicamentos, é bem comum que alguns deles sejam retirados das prateleiras das farmácias, pois podem apresentar graves riscos para a saúde de seus usuários por causa dos componentes que estão naquele medicamento que tem como objetivo amenizar os efeitos de algum tipo de doença ou enfermidade.

E para a surpresa da população, um dos medicamentos mais usados pelas pessoas acabou sendo enquadrado como um agente que potencializa o aparecimento de câncer no estômago. Uma pesquisa minuciosa feita por duas faculdades bastante renomadas acabou revelando esse grande mal.

Omeprazol pode aumentar e muito o risco de câncer de estômago

Essa substância específica acabou sendo classificada como IBP, que significa inibidores de bomba de próton. Ela aumenta muito o risco de quem se utiliza desse tipo de substância de vir a ter um Câncer de estômago. Essa é a primeira vez que um estudo consegue comprovar que esses medicamentos, que não necessitam de receita médica para a pessoa poder comprar, ao invés de ajudar a saúde da pessoa, acaba prejudicando. Inclusive, várias pesquisas foram realizadas anteriormente nessas substâncias, no entanto, não foi identificado nenhum fator isolado para conseguir uma resposta conclusiva sobre o Omeprazol.

Ao invés de ser um ‘mocinho’ na luta contra doenças estomacais, o medicamento acaba se tornando o ‘vilão’ disso tudo. Não só a substância Omeprazol pode aumentar o risco de câncer de estômago. Outras substâncias como Pantoprazol e Lansopazol também podem aumentar esse risco. Vale a pena ressaltar que muitas pessoas fazem uso desses medicamentos todos os dias no intuito de ajudar seus problemas gástricos.

Pesquisa revela que cerca de 153 pessoas acabaram tendo câncer por conta do Omeprazol
Duas universidades, uma da Ásia e outra da Europa, acabaram realizando esse estudo. Durante a pesquisa, foram ouvidos cerca de 63 mil pessoas, que foram divididos em grupos de pacientes que utilizam-se do medicamento regularmente.

Esses estudo levou tempo para ser concluído, cerca de 12 anos. Os voluntários foram acompanhados de perto durante esse tempo, e cerca de 153 pessoas acabaram tendo câncer de estômago no tempo que usaram Omeprazol por cerca de 3 anos seguidos.

Agodoi1

Deixe uma resposta