0

Mãe explica para o filho que não pode salvá-lo – e o que ele responde parte seu coração

Uma história extremamente comovente, que mostra o verdadeiro amor.

O filho de Ruth Scully, Nolan, de apenas 4 anos, infelizmente veio a falecer vítima de câncer, Ruth então decidiu compartilhar toda essa história em uma rede social.

Seu filho morreu em fevereiro de 2017, depois de travar uma batalha contra a Rabdomiossarcoma (RMS), um câncer agressivo e raro, extremamente resistente as formas existentes de tratamento.

Nessa foto, vemos Nolan deitado sobre no banheiro, ele tinha medo de se afastar da mãe, mesmo sabendo que ela estava ali, simplesmente tomando banho.

Em setembro, Nolan começou a reclamar do seu nariz por estar entupido, os pais logo imaginaram que se trata de um simples resfriado.

Não demorou muito e Nolan começou a ter dificuldades para respirar, levaram ao médico, porém, os tratamentos indicados não estavam adiantando.

Já em novembro, os médicos descobriram que, na verdade, o que estava causando tudo aquilo em Nolan era um tumor.

Esse câncer cresce nas articulações, na gordura e nos músculos.

Os principais sintomas são dificuldades de urinar, náuseas, dor de cabeça além de ter pálpebras caídas.

Exatamente no dia 01 de fevereiro, a equipe médica se reuniu com os pais.

A profissional agiu com todo cuidado possível, mas nunca deixou de ser honesta com eles, lutando ao lado dos pais de Nolan. Pouco tempo depois desse encontro, uma tomografia computadorizada foi realizada, e ela não mostrou boas notícias, nela os médicos viram um tumor enorme.

O câncer tinha se espalhado de uma forma inacreditável.

Foi quando a oncologista, disse aos pais que o câncer de Nolan, não era mais tratável, haja visto que já tinha se tornado resistente a todas os tratamentos possíveis e que a única coisa a fazer era deixá-lo o mais confortável possível.

Depois disso, a mé de Nolan foi até o quarto e foi assim a conversa deles:

Nolan passou a maioria dos dias dormindo, quando ele finalmente acordou, sua mãe ate pensou na possibilidade de levar ele para casa, para que eles pudessem os últimos momentos juntos. Porém, Nolan disse que estava tudo tranquilo que não se importava de continuar no hospital.

Um dia Nolan acordou do coma e simplesmente disse que amava, e no dia 4 de fevereiro, enquanto sua mãe cantava a música “You are My Sunshine” para ele bem próximo do seu ouvido ele deu seu último suspiro e se foi.

Agodoi1

Deixe uma resposta