0

Mãe emocionada grava mensagem ao entregar filho para adoção, mas não esperava uma “resposta”

Dar um filho para adoção. Essa provavelmente pode ser uma das decisões mais difíceis na vida de uma mulher. Foi exatamente isso que Hannah Mongie passou. Ela conheceu Kaden quando ele estava em casa após uma missão de sua Igreja. Aos 18 anos, engravidou. Embora tivesse um grande desejo de ser mãe, foi o parceiro que ficou ainda mais feliz com a notícia.

No dia da ultrassom para ouvir o coração do bebê, Kaden não conseguiu ir, mas Hannah o contou exatamente tudo, com detalhes. Ele não poderia ter ficado mais empolgado!

O casal não fazia ideia, mas dois dias depois, a vida deles mudaria drasticamente. Kaden morreu de forma inesperada durante o sono, deixando a namorada grávida e sem saber quais passos tomar dali pra frente. Ser uma mãe solteira e sem muitas condições era demais para ela, então decidiu que colocaria seu bebê para adoção. Na verdade, ela passou meses procurando uma família que fosse perfeita para o filho e pudesse recebê-lo de braços abertos e dar todo o amor do mundo.

Após muitas buscas, ela encontrou um casal especial: Brad e Emily Marsh. Com o tempo, se tornou melhor amiga de Emily. O pequeno foi chamado de Taggart Kaden Marsh.

Pouco antes de entregar o bebê para a nova família adotiva, dois dias após ele nascer, Hannah gravou um vídeo, daqueles capazes de arrepiar qualquer um. Emocionada, ela passa cerca de 10 minutos contando ao filho como conheceu o pai dele e tudo o que aconteceu até seu nascimento. Além disso, explicou como o ato de entregá-lo para outra família era, mesmo que muito difícil, totalmente baseado em seu amor por ele:

“Eu tomei essa decisão puramente por amor porque sabia que não poderia te dar mais precisa, que é uma mãe e um papai”, diz ela. “E espero que seu pai esteja cuidando de nós agora. Aposto que ele está comigo agora mesmo. Porque esta é a parte mais difícil e ele não me deixaria sozinha”, continua.

Sua ideia era guardar o vídeo para que um dia, quando Taggart tivesse idade suficiente para entender tudo, mostrá-lo. Mas, com medo de perder o arquivo, colocou o vídeo no Youtube. Praticamente um ano depois, ele começou a fazer sucesso e ela foi procurada por diversos portais, programas de televisão e revistas.

Os veículos estavam interessados em sua história. Hannah, que já concedeu algumas entrevistas, contou em suas redes sociais, que em momento algum sua intenção foi ganhar dinheiro ou fama com o vídeo. Ela explicou que quer chamar a atenção para o respeito às mães que tomaram a mesma decisão que ela e que essas pessoas não devem ser julgadas.

Além disso, Hannah quer falar sobre a adoção aberta e como ela está se tornando cada vez mais comum. Ela mantém contato com a família adotiva da criança. Na verdade, eles são praticamente inseparáveis. Um faz parte da vida do outro e ela acompanha todo o crescimento do filho. Ela mostra que coisas boas podem vir de momentos muito difíceis.

Agodoi1

Deixe uma resposta