0

Jovem grávida é deixada em um hospício pelos pais e 44 anos depois um milagre acontece

O inicio dessa historia se dá em 1963, a jovem Julie Mannix com 19 anos na época morava na Filadélfia , Estados Unidos e vivia um amor proibido. A família da jovem não aprovava seu relacionamento com Frank von Zerneck, pois eram muito ricos e não aceitavam em hipótese nenhuma que a filha se relacionasse com o jovem rapaz.

Num certo dia Julie precisava passar por exames de rotina no seu ginecologista que era um velho amigo de seus pais. O médico ao examinar Julie descobre que ela está grávida mas não conta a noticia a ela. Ao invés disso ele conta a sua mãe, que logo entra em estado de choque. Como uma moça de família tradicional poderia estar grávida e sem estar casada? Era algo inaceitável.

Porém na época o aborto era proibido nos Estados Unidos e os pais tiveram que descartar essa ideia absurda. Mas tiveram uma ainda mais macabra e assustadora, eles esconderam da moça a sua gravidez. E algumas semanas depois começaram a convence-la de que ela estava com problemas psicológicos.

Insistiram tanto que a jovem concordou em passar por um psiquiatra que a pedido dos pais deu um diagnostico falso.Desse modo os pais conseguiram interna-la numa clínica para doentes mentais. Após algumas semanas os pais decidem tirar Julie da clínica, começa ai uma busca incessante por informações que a levassem a sua filha. Passaram se meses mas nenhuma informação concreta que a levasse a uma resposta satisfatória a sua pergunta era encontrada.

Julie mudou-se para Nova York, onde trabalhou durante algum tempo como atriz, reencontrou seu primeiro e único amor Frank e se casaram. E todo dia 19 de abril eles passaram a comemorar o aniversário da filha. Amiee, entretanto havia sido adotada por uma boa família e recebeu o nome de Katleen Marie Wisler, porem de forma trágica a mãe adotiva havia morrido quando ela tinha apenas 6 anos, pouco tempo depois o pai adotivo também faleceu.

A menina cresceu e também se tornou mãe, e foi isso que a levou descobrir toda a sua história. Diante disso ela tomou a decisão de reencontrar sua mãe biológica e também passou a procurar por ela em todos os órgãos de serviço social da cidade. Sua primeira pista sobre o paradeiro da mãe foi num diretório de filmes e la passou a ter mais informações até chegar ao endereço dos pais biológicos.

Kathleen escreveu uma carta a eles e a resposta veio e eles fizeram o primeiro contato através do Skype. A família conseguiu se reencontrar depois de tanto tempo e apesar da maldade que os pais de Julie cometeram há 50 anos. Julie conta a sua experiência que também virou um livro.

Agodoi1

Deixe uma resposta