0

Jovem fica com rosto desfigurado e queimado após usar um óleo essencial – VEJA MAIS

Ela estava tentando desligar o dispositivo elétrico quando foi pulverizada no rosto.

Cuidar da estética e beleza é algo que além de fazer bem para a autoestima, é um modo de cuidar bem do corpo.

Cosméticos e produtos terapêuticos são os segmentos que estão dentre os que mais crescem no mundo, não é por acaso que as franquias e revendas desse setor ampliam os negócios.

Óleos essenciais faz parte de uma linha de produtos que podem ser usados para hidratar e massagear o corpo, como também aromatizantes.

 

Aromaterapia, como o próprio nome diz, é uma terapia alternativa milenar, que utiliza os óleos essenciais para auxiliar em vários tratamentos, inclusive para relaxar após um longo e intenso dia de trabalho.

Para uma moça de 24 anos, o suo do óleo causou pânico no lugar de bem estar.

Emily Smith, britânica, não poderia imaginar que um simples óleo essencial, pudesse causar tantos danos.

Ela usou o difusor elétrico para aromatizar o ambiente, como é indicado fazer para melhorar a atmosfera do local.

Em uma publicação na rede social, a jovem contou um pouco como tudo aconteceu;

“Eu caminhei até o difusor e segurei o botão por alguns segundos. No processo de desligar o aparelho, alguns dos vapores do difusor devem ter sido pulverizados no meu rosto”.

Emily Smith não deu atenção às informações de uso do difusor com óleos essenciais, porém depois de algumas horas, ela teve a sensação de estar recebendo uma picada na face.

“Eu corri e lavei meu rosto com água por 10 minutos. Depois mergulhei em água fria por 20 minutos, enquanto liguei para um serviço de socorro para obter orientação médica. Eu descrevi a queimadura para o operador, que afirmou que eu só sofria queimaduras em primeiro grau, e que a atenção médica profissional não seria necessária”, contou.

Na madrugada, Emily acordou com muita dor no rosto.

“Meu rosto estava inchado, meus olhos estavam borrados e lacrimejando continuamente”.

A jovem ligou novamente para o atendimento de emergência, depois foi para o hospital da região como haviam informado para que ela fosse imediatamente.

Ela teve queimadura química e lesão ocular permanente.

“Quando eu segui as instruções dadas e corri esfreguei sob a torneira, eu não estava removendo o óleo. O óleo não é apenas lavado. Quando eu mergulhei meu rosto em uma tigela de água, não estava realmente aliviando minha queimadura. Eu estava marinando meu rosto no óleo, que era o meu problema”.

Agodoi1

Deixe uma resposta