Talvez você não saiba, mas no mundo existem mais de 145,000,000 crianças órfãs.

Muitos deles nunca tiveram a oportunidade de conhecer o significado de ter uma família, já que passam muito de seu tempo em um orfanato.
Digamos que mais da metade deste número de órfãos está composta por crianças com problemas físicos ou mentais. A maioria das famílias que decidem adotar desejam crianças saudáveis.

Entretanto, algumas pessoas pensam diferente e adotam crianças com necessidades especiais. Como o caso da família de Stewart.

Quando Adrianne e Jasson conheceram Maria, ela tinha apenas meses de nascida, mas seu rosto e expressão mostravam o espírito e a vontade desta pequena.

Sem braços nem pernas, Maria chegou ao mundo. Os Stewart a conheceram nas Filipinas, e o simples sorriso dela tocou o coração da família. Ao sair do orfanato eles sabiam que algo havia mudado. Então decidiram a adotar.

O processo durou cinco meses, até que finalmente María foi levada das Filipinas até os Estados Unidos, para fazer parte de sua nova família.

Os Stewart tinham duas filhas biológicas já adolescentes, mas não podiam deixar María naquela realidade tão triste e desamparada.

Suas filhas aceitaram María como a sua irmã mais nova, e jamais a fizeram se sentir débil ou incapaz; muito pelo contrário, elas contribuem para que María ganhe confiança em si mesma.

Os Stewart aprenderam a conviver com uma criança com necessidades especiais, mas principalmente, a ensinaram a sobreviver. Assim. María se tornou uma menina que consegue comer sozinha, ir à escola, participar da sociedade e manter seu espírito firme e forte.

E eles pedem que ela nunca deixe de sorrir, pois a sua melhor arma para enfrentar a vida é a alegria e o sorriso.

Ela mostra que somos capazes de enfrentarmos tudo e sobreviver ao destino.

Ela nasceu sem braços nem pernas mas conquistou sua família apenas com o sorriso

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!