0

Bizarro: “Mãe” quer direito na justiça de namorar o próprio filho – CONFIRA

Mãe e filho pedem na justiça o direito de viverem um incesto

O estado do Novo México, nos Estados Unidos, está sendo palco de um caso no mínimo intrigante, que seria um caso de incesto entre uma mãe, 36 anos, e o filho, 19 anos, se dizem apaixonados um pelo outro e vivem um tórrido caso do amor. E chegaram a pedir para a justiça dos EUA, para que o relacionamento seja legalizado. Nos Estados Unidos e quase em todo o Mundo, a relação entre pais e filhos é considerado um crime, chamado de incesto.

A mãe, Mônica Mares, fez o relato de sua história de amor proibido ao júri, dizendo que engravidou de seu filho, Caleb aos 16 anos, e o deixou para a adoção, dizendo que não tinha condições financeiras de cria-lo na época. Passando os anos, o filho quis saber quem era sua mãe biológica. Os pais adotivos a procuraram e resolveram proporcionar o encontro entre o filho e a mãe verdadeira.

O encontro acabou virando essa história de incesto, pois Mônica e Caleb sentiram uma forte paixão e se beijaram no primeiro encontro, passando para uma forte atração física que se consumou no ato íntimo entre mãe e filho, onde Caleb passou a morar com Mônica como um casal.

Eles não se importavam de as pessoas soubessem de seu relacionamento, mas isso resultou em uma denuncia e acabou sendo acusada de ter um caso incestuoso com seu filho.

Com isso eles foram impedidos judicialmente de se encontrarem e a mãe ainda recebeu uma multa de 15 mil dólares, que ela teve que fazer uma vaquinha na internet para poder pagar a multa.

A mãe acabou sendo julgada por incesto, sua pena, não poderá ver o rapaz por três anos. Mas eles não desistiram de ficar juntos, e pedem na justiça que possa ficar juntos de forma legal. Alegam ter uma Atração Sexual Genética, mas o pedido não foi aceito na justiça do Novo México.

Agodoi1

Deixe uma resposta